Como conseguir ranquear no Google. Veja e tire suas conclusões

Tempo de leitura: 6 minutos

ranqueamento no google

Como conseguir ranquer no google é uma pergunta que muitas pessoas se fazem. Por isso você deve estar curioso com o título, mas é sério existem formas de você conseguir aumentar suas visitas no Google através de técnicas de SEO. Quando eu digo técnicas, eu falo das técnicas corretas de Search Engine Optmization. O ranqueamento no Google acontece por uma série de pontos a serem considerados dentre eles, o conteúdo.

O que nós vamos te ensinar aqui é a mexer bem com conteúdos e torna-los persuasivos o bastante para fazer qualquer pessoa se interessar e assim entrar na sua página de vendas. ATENÇÃO: não adianta chegar ao topo sem qualidade de conteúdo ranqueando no Google porque quando seus usuários entrarem na sua página, simplesmente não se interessarão. Tudo terá ido por água abaixo.

O que a grande maioria dos afiliados não sabe é que conteúdo é ouro nestas épocas de marketing digital, então quanto mais você se ligar nisso, mais rápido estará no topo.

Vamos começar agora?

 

1.     Como conseguir ranquear no google criando seus conteúdos?

 

Aqui nesse passo nós não vamos te enrolar. Persuasão é quando você envolve alguém em uma ideia que ele simplesmente não conseguirá tirar da cabeça. E criatividade é quando você utiliza elementos do meio para atingir ideias. Como fazer isso? Não é muito simples, mas é tranquilo quando você aprende a fazer.

Exemplo de título criativo: O título que você está vendo aí no topo do texto é um exemplo de título criativo, pois chama atenção através do verbo explodir. Kkkk engraçado, não é. Este é um gatilho mental. Nós vamos falar sobre gatilho mental logo abaixo.

Então para fazer um conteúdo persuasivo é necessário que você saiba porque você quer persuadir as pessoas e através do que você quer chamar a atenção.

Ser persuasivo não significa errar na mão e encher os títulos e subtítulos de gatilhos mentais. Ser persuasivo é exagerar um pouco para passar uma imagem. Veja outro exemplo:

Gatilhos Mentais: 15 ideias para você arrasar na internet. Você não pode perder a número 7.!!!

Esta e outras ideias de títulos você ter no blog do site da Grande Content.

2.     Gatilhos mentais: como usá-los

 

Os gatilhos mentais são estruturas de caráter emocional e psicológico que quando executadas chamam a atenção da pessoa em potencial para um determinado assunto ou coisa. Geralmente o gatilho mental é feito com base em texto, mas pode também ser feito através de uma proposta de vendas onde o vendedor os menciona.fórmula negócio online

Em lojas de supermercado você vê muito disso, por exemplo: Compre três destes produtos e conseguirá um desconto fenomenal de 20%, mas tem que comprar agora, pois já está acabando.

Estamos diante do recurso da urgência.  Se você não comprar o produto naquele momento, vai te dar uma sensação de derrota triste.

Os gatilhos mentais são artifícios, mas é óbvio que o exagero tende a ter um resultado oposto ao que desejamos, já que ninguém é tão bobo para cair em todos os artifícios que você colocar. Por isso vá com calma.

 

3.     Conteúdos informativos: por que eles também têm valor.

 

Os conteúdos informativos apenas, sem nem um grau de persuasão são conteúdos ricos em informação atrativa sem ser apelativa. Quando você faz uso deste tipo de conteúdo você pretende manter uma relação com seu usuário bem melhor do que toda essa estrutura usada hoje para chamar a atenção de como conseguir ranquear no google.

Você há de convir que chamar a atenção a todo custo, às vezes enche o saco. Você deve estar pensando aí agora… enche o saco? Vamos imaginar que você tenha 2000 contatos no e-mail e que toda semana você mande conteúdo altamente persuasivo na ordem de 3 por semana.

Nos primeiros momentos, com certeza, você terá pessoas abrindo o e-mail, mas depois de um tempo estas mesmas pessoas já estarão colocando o e-mail no spam.

Do que te adiantou forçar uma barra? Trate o cliente como uma pessoa que realmente quer saber sobre o produto, quais são os pontos negativos e quais são os positivos. Ele espera sinceridade da sua parte e assim é que se conquista a autoridade do nicho.

 

4.     Palavras-chave: por que são tão importantes.

 

A palavra-chave é o primeiro passo que você deve pensar quando estiver fazendo seus conteúdos. É realmente o diferencial aqui. A palavra-chave para ranqueamento no Google é essencial. Sabe por quê?

Porque quando você tem um usuário ativo na internet e ele faz uma busca exata pela sua palavra-chave, você consegue tráfego orgânico. E tráfego orgânico é tudo nesse mundo, pois você não paga nada por ele – é gratuito.

Palavras-chave são importantes não só em um blog, ou site, mas também em e-commerces. Ter todos os seus produtos cadastrados através de uma busca de palavra-chave é sensacional para o seu negócio e alavanca as vendas.

A busca pela palavra-chave deve ser a primeira coisa que você tem que fazer. No site Keyword Planner do Google você encontra uma plataforma onde você pode acessar e fazer estas buscas.

Tente fazer as buscas de acordo com o interesse de cada grupo de pessoas ou público-alvo que você atinge. Por exemplo: se seu público é adolescentes você deve focar suas buscas por palavras-chave relacionadas a este grupo.

O que seus clientes querem, o que eles pensam, como eles agem é isso que você tem que representar nas suas buscas para ranqueamento no Google.

 

Conclusão

 

Todos estes passos acima vão fazer você explodir as suas visitas, ou seja, o ranqueamento do google, mas para isto é preciso constância e um pouco de paciência. Falamos isto para quem quer conseguir através de tráfego orgânico, mas se você também quer conseguir através de tráfego pago, o esquema é o mesmo.

Gatilhos mentais, conteúdos persuasivos e criativos, conteúdos informativos e a busca da palavra-chave são dicas essenciais para fazer qualquer conteúdo ficar mais atrativo para os leitores e principalmente atingir a vários objetivos. E aí? Ainda em dúvidas sobre como ranquear no google?

Pensar conforme seus clientes pensam é uma ótima dica para início de tudo.

 

Gostou? Então compartilha nas suas redes sociais!!

Fazer comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *