Dicas para o empreendedorismo feminino

Tempo de leitura: 7 minutos

A mulher vem dominando espaço e se destacando em todas as áreas de atuação, mas será que o empreendedorismo feminino tem vez? Elas estão cada vez mais desenvolvendo técnicas e criando grandes negócios como fonte de renda é o que é verdade.

 

Segundo pesquisas divulgadas pelo SEBRAE são aproximadamente 8 milhões de mulheres que estão à frente do próprio negócio no Brasil. Isso significa um aumento de quase 25% comparado com o mesmo período a dez anos atrás no ano de 2016.

 

Ou seja, a cada dez nove empreendimentos criados no Brasil, três deles são administrados por mulheres. É um cenário que nunca se viu tão popular entre o público feminino na história.

 

E pensando nessa mulher empreendedora, separamos algumas dicas para que podem ajudar nessa caminhada de guiar seu próprio negócio, como:

 

  • Em que nicho posso começar a empreender?
  • Faça networking
  • Conheça empreendedoras de sucesso
  • Planeje-se
  • Aprenda com os erros
  • Use sua intuição
  • Foco
  • Seja quem sonhou
  • Estude
  • Divirta-se

 

Empreendedorismo feminino: em que nicho posso começar a empreender?

 

As mulheres além de criativas são extremamente responsáveis, organizadas e possuem a habilidade de fazer até três coisas ao mesmo tempo sem desviar seu foco.

 

O ideal é que seu negócio tenha haver com você e te desperte prazer para acordar todos os dias e desenvolver tal função.

 

Se você, futura empreendedora, tem o desejo de começar o próprio negócio, mas não sabe por onde começar, separamos algumas opções de mercado nas quais ganharia destaque e excelência de resultados, como:

empreendedorismo feminino

  • Trabalhos relacionados à costura
  • Salão de Beleza e empreendedorismo feminino dentro dele
  • Empresa revendedora de cosméticos
  • Consultoria de imagem
  • Lanchonetes e restaurantes
  • Loja de vestuário feminino
  • Agência de babás
  • Agência de limpeza (Diaristas)
  • Cerimonialista de festas e eventos
  • Pet Shop
  • Venda de semijoias à domicílio
  • Estúdio de fotografia

 

Faça networking

 

O networking, ou o hábito de fazer contatos em português, é extremamente importante para qualquer negócio e para o empreendedorismo feminino não seria diferente.

 

A mulher é extremamente observadora, comunicativa e sabe o caminho certo para iniciar uma boa conversa e avistar um potencial relevante que possa ser incrementado em seu negócio.

 

Fale sempre sobre o que você trabalha, o que você acredita e não tenha medo de conhecer pessoas. Em reuniões, palestras e eventos com outros empresários, pode surgir uma excelente parceria para agregar valor ao seu negócio.

 

Conheça empresárias de sucesso

 

Nada melhor do que conhecer histórias de sucesso de pessoas que começaram como você, empreendendo um pequeno negócio e construíram um grande império.

 

Procure conhecer quais eram seus objetivos, o que fizeram para alcança-los e o que precisaram escolher ao longo do tempo para conquistarem o que possuem atualmente. Histórias inspiradoras servem como um combustível a mais na realização de um sonho.

 

Empreendedorismo feminino: exercite o autoconhecimento

empreendedorismo feminino

Ninguém melhor que nós mesmos para saber do que somos capazes e o quanto de coisas podemos realizar em determinado momento.

 

Por isso, olhe sempre para dentro de si mesma e tente sempre avaliar os pontos negativos e positivos desenvolvidos por você. Este é um bom momento para fazer um balanço do que você pode mudar, acrescentar ou reavaliar para gerir melhor sua empresa.

 

Pense na seguinte questão: O que eu talvez poderia fazer para melhorar o meu próprio negócio que eu não tinha a oportunidade de fazer quando era funcionário em outra organização?

 

Isso te levará a respostas úteis e muitas vezes inspiradoras para continuar seguindo em frente.

 

Planeje-se

 

Sabemos que a vida de uma mulher é cheia de tarefas. Ela precisa dar conta do trabalho, da família, dos filhos e não pode deixar nenhum de seus afazeres de lado. Por isso, ter um planejamento diário é essencial.

 

Agende compromissos, organize sua agenda e você terá sempre uma vida mais tranquila. É importante também criar planos para o seu negócio a curto, médio e longo prazo.

 

Essas pequenas metas estipuladas te incentivam a correr atrás dos seus objetivos sem que você desvie da sua rota de maneira “fácil”.

 

Aprenda com os erros

empreendedorismo feminino

Erra é humano e não precisa ter vergonha disso. Tanto na vida como nos negócios, ninguém acerta 100% das vezes. Então, é necessário que você tenha a serenidade de avaliar o que pode ter dado de errado naquele momento. E isso é investir em empreendedorismo feminino.

 

Uma ideia pode não ter dado certo, mas você pode procurar saber onde começou a errar para que não corra esse risco no próximo projeto.

 

Use sua intuição

 

Sabemos que o mundo dos negócios é feito de muitos cálculos e certezas, mas a mulher sabe como ninguém utilizar a intuição feminina a seu favor.

 

Se você acredita que uma ideia ou campanha pode dar certo, invista, insista e faça com que seu sonho se torne realidade. Mas claro, tome sempre cuidado para não acreditar demais.

 

Se a sua intuição sair demais das possibilidades que você possui de elaboração no momento, porque não ir arriscando aos poucos e dando um passo de cada vez?

 

Empreendedorismo feminino: Foco

 

Essa é uma dica muito importante. Apesar da mulher ter o hábito de desenvolver diversas tarefas ao mesmo tempo, é necessário desacelerar em alguns momentos da vida.

 

Estudos já comprovaram que se você manter o foco para uma coisa de cada vez, a sua produtividade será maior e a atenção direcionada para o que está fazendo terá o máximo de aproveitamento.

 

Então, tente desde já começar a exercitar essa dica que em um futuro bem próximo ela será essencial para o sucesso do seu empreendimento.

 

Seja quem sonhou

 

Quando você imaginava que teria sua empresa e passaria a ganhar seu próprio dinheiro, que tipo de gestora imaginou ser? Essa é a hora de colocá-la em prática.

 

Enumere todos os seus sonhos em um papel e marque o que falta para coloca-los em prática. Assim, você terá mais que um planejamento, terá uma meta de sonhos profissionais a serem realizadas.

 

Estude

empreendedorismo feminino

Mesmo com um bom negócio de resultados, é sempre bom estudar e buscar novos conhecimentos sobre a sua área de atuação.

 

Frequente reuniões, palestras e workshops sobre o seu mercado de trabalho. Com certeza além de se atualizar sobre as próximas tendências, você fará contatos que podem te gerar incríveis parcerias, como falamos no primeiro tópico deste artigo.

 

Invista também em cursos sobre planejamento estratégico, investimentos financeiro e empreendedorismo. Mais do que uma mulher à frente de seus negócios, seja uma mulher que controla seu próprio orçamento de maneira adequada.

 

Divirta-se

 

A melhor parte de ter um negócio próprio é poder estabelecer metas e ter uma flexibilidade maior em relação ao seu tempo.

 

Então, se dedique ao seu empreendimento, mas não se esqueça de aproveitar as pequenas coisas da vida. E comemore! Você é uma empreendedora que faz a diferença nesse País!

Você faz parte do grupo de empreendedorismo feminino no país? Escreva aí nos comentários!

Fazer comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *