10 histórias de empreendedoras de sucesso

Tempo de leitura: 9 minutos

Quantas empreendedoras de sucesso você conhece? Pois, é. De fato, o mercado de trabalho para as mulheres continua complicado, como bem mostra essa pesquisa aqui. E, quando se trata do ramo de empreendedorismo, a coisa se mostra mais complicada.

Mas, não se enganem. Existe uma gama considerável de empreendedoras de sucesso por aí, mas, que não são conhecidas do grande público.

E, são essas que merecerão destaque a partir de agora.

empreendedoras de sucesso

Empreendedoras de sucesso: Anita Roddick

Se você é ligado no ramo de cosméticos, com certeza, já deve ter ouvido falar da Body Shop. Fundada em 1976 por Anita Roddick, a empresa, hoje em dia, é uma das mais conceituadas nesse tipo de empreendimento, principalmente por se tratar de produtos que são fabricados sem a necessidade de fazerem testes em animais.

E, este é apenas um dos pontos positivos que agregam valor à Body Shop.

A mente por detrás da empresa, Anita Roddick, disse uma vez que, quando estava prestes a fundá-la, ela estava buscando mais um “caminho hippie” do que de riquezas propriamente ditas. E, foi essa concepção que ajudou a moldar o conceito da Body Shop, que fabrica cosméticos com produtos inteiramente naturais e em harmonia com o meio ambiente.

Logo no início do empreendimento, Anita conseguiu um empréstimo de cerca de 6,5 mil dólares apenas. O que fez logo em seguida? Juntou-se a um especialista de plantas medicinais, conseguindo um ponto comercial Brighton, no Reino Unido, que, coincidentemente, é um local litorâneo, geralmente, repleto de clientes na área de cosméticos.

Resultado: a primeira loja da Body Shop foi feita, misturando marketing simples, mas, preciso, com consciência ambiental (algo cada vez mais em voga).

Infelizmente, Anita faleceu em 2007, deixando uma fortuna estimada em 51 milhões de libras esterlinas para organizações ambientais e sociais.

 

Empreendedoras de sucesso: Luiza Helena Trajano

Talvez, você não esteja “ligando o nome à pessoa”, mas, o nome Magazine Luiza diz alguma coisa? Pois, é. Luíza Helena é quem comanda uma das maiores redes de varejo do país. Pra se ter uma ideia do tamanho do empreendimento, são cerca de 21 mil funcionários, espalhadas em 862 lojas. Todas espalhadas em 16 estados da Federação.

E, tudo começou de maneira tímida, onde Luíza Helena findou uma pequena loja no interior de São Paulo, chamada de “A Cristaleira”. O negócio, obviamente, foi ampliando, e Luíza, que tem o espírito nato das empreendedoras de sucesso soube aproveitar as oportunidades, e, hoje em dia, o faturamento de sua empresa está na faixa dos R$ 1,2 bilhão.

Sucesso absoluto, sem dúvida.

 

Empreendedoras de sucesso: Oprah Winfrey

É isso mesmo. A tão conceituada apresentadora de televisão dos EUA (talvez, a mais prestigiada da atualidade) pode ser considerada um das grandes empreendedoras de sucesso que temos como exemplo. Afinal, o seu talk show já conta com quase trinta temporadas (!), e parece estar cada vez mais em alta.

Mas, como explicar tamanho sucesso?

Um das respostas pode ser dada pela persistência da própria Oprah, que no início da carreira, foi demitida por um motivo, no mínimo, insólito: envolvia-se demais nas histórias que eram apresentadas no programa que comandava.

Mas, não desistiu. E, anos depois, após se empenhar bastante, eis que surge o Oprah Winfrey Show. E, de lá pra cá, pra se ter uma ideia, a apresentadora já ganhou inúmeros prêmios, além de ser eleita pela Forbes como uma das mulheres mais influentes do mundo.

Pra completar, atualmente, ela é dona de uma renomada empresa de comunicação, a Own.

 

Empreendedoras de sucesso: Camila Coelho

Imagine só pegar um grande hobby seu e transformar ele em um negócio tão lucrativo, que você pode ter a oportunidade de viver somente dele? Pois, é isso o que a youtuber Camila Coelho conseguiu, e com louvor.

Tudo começou lá por volta de 2010, quando ela gravava vídeos de tutoriais de maquiagem para um blog que tinha, o “Super Vaidosa”.

E, não é que alho que começou como uma brincadeira descompromissada deu certo? Atualmente, o seu canal no Youtube possui nada menos de que 3,3 milhões de inscritos, além de Camila colher outros frutos do tipo: assinar coleções de moda, possuir licenciamento de produtos de beleza, e por aí vai.

 

Empreendedoras de sucesso: Cristina Boner

Cristina Boner é a prova de que conhecimento é a base de tudo. Quando ainda era professora universitária, há algumas décadas atrás, descobriu o tão famoso pacote Windows. Os anos se passaram, e, depois do primeiro contato com essa nova forma de tecnologia, Cristina Boner é a responsável por uma das maiores revendedoras brasileiras da Microsoft.

O começo, como era de se imaginar, foi difícil. Ela teve que vender um carro seu para começar o seu próprio negócio, além de ter convidado dois de seus alunos para serem os seus estagiários. No início, os primeiros clientes da pequena empresa de Cristina foram entidades públicas.

Hoje, por sua vez, a Globalweb possui um faturamento anual estimado em mais de R$ 1 bilhão, e a tendência é de crescimento.

 

Empreendedoras de sucesso: Ana Fontes

Aqui, temos um belo exemplo de empreendedora que não parou no tempo, e queria mais. Depois de atuar como executiva por cerca de 17 anos, Ana Fontes tomou uma decisão vista por muitos como “radical”: abandou a antiga carreira, e foi buscar um empreendimento próprio.

Vendo que a situação para a mulher no mundo do empreendedorismo era mais complicada do que a dos homens, ela resolveu transformar a sua dificuldade no mote da sua nova empresa. Foi então que surgiu a Rede Mulher Empreendedora, uma rede online, onde você pode encontrar dicas, fóruns de debates e notícias; tudo relacionado ao universo do empreendedorismo envolvendo as mulheres.

Atualmente, já são milhares de inscritos, com tendência de aumento nos próximos anos.

empreendedoras de sucesso

Empreendedoras de sucesso: Zica Assis

Exemplo de superação, Zica Assis precisou trabalhar de babá aos 9 anos de idade, tendo, obviamente, uma infância difícil. Foi quando, aos 21, ingressou na área dos salões de beleza após fazer um curso de cabeleireira.

De início, a sua intenção não tinha nada a ver com profissionalização no ramo, mas, o tempo passou, e ela resolveu fazer um empreendimento próprio: algo no ramo da beleza que fosse especificamente especializado em cabelos crespos e ondulados.

O começo do empreendimento, como era de se esperar, foi complicado. Ela precisou vender o táxi que tinha na época, mas foi apoiada pelo marido e pelo irmão a continuar. Resultado: era fundado o Instituto Beleza Natural, uma marca com mais de 20 anos de história, e com mais de 100 salões ao redor do Brasil.

 

Empreendedoras de sucesso: Chieko Aoki

Eis mais um exemplo de como se aproveitar as oportunidades através de área em que se trabalha. Aoki era diretora de marketing de uma rede de hotéis de luxo durante os anos 80, e, em pouco tempo, passou a ser a presidente da companhia.

Com uma carreira de sucesso, em 1997, veio o óbvio: ela decidiu montar o seu próprio empreendimento: a rede Blue Tree Hotels, uma das grandes do país, com cerca de 20 unidades espalhadas entre os estados da Federação.

A rede, que acompanha o seguimento de hotelaria de luxo e resorts, tornou=se um sucesso de empreendedorismo, fazendo Aoki figurar, há algum tempo, a famosa lista da Forbes.

 

Empreendedoras de sucesso: Paula Abreu

Graduada em Direito, Paula Abreu tinha o que podemos chamar de “vida estável”. Bom emprego, boa situação financeira, entre outras coisas do tipo. Mas, como toda boa empreendedora tem um espírito inquieto, Paula queria mais, e foi então que decidiu relatar as suas experiências profissionais na rede.

Hoje, ela é escritora e uma das coachs mais seguidas do país, possuindo um blog com inúmeras visitas ao longo do dia.

A experiência de Paula Abreu mostra que dá pra ganhar a vida da forma como se quer, com autonomia e liberdade. Uma inspiração para outras pessoas.

Veja também: Exemplos de mulheres empreendedoras

Empreendedoras de sucesso: Ana Luisa Correard

Já ouviu falar de “M’ana – Mulher Conserta pra Mulher”? Pois, então. Trata-se de uma das empresas mais inovadoras que surgiram nos últimos tempos. Fundada pela paulistana Ana Luisa Correard, a empresa possui um conceito bem simples, porém bastante útil: disponibiliza serviços de manutenção doméstica feitos apenas por mulheres e para mulheres.

E, engana-se quem pensa que Ana Luisa começou com um alto investimento. Na verdade, tudo começou em agosto de 2015, com pouquíssimos recursos. O que ela fez foi apenas juntar a experiência que tinha com algumas poucas ferramentas, e o negócio já estava feito.

Pra quem duvida do sucesso desse empreendimento, é bom salientar que a primeira postagem dos serviços oferecidos por Ana Luisa no Facebook alcançaram a marca dos mil compartilhamentos em menos de 24 horas!

 

Conclusão

De fato, o mercado de trabalho, e, principalmente, a área do empreendedorismo, ainda são bastante escassos de presença feminina. Porém, diante da necessidade de se ter um empreendimento próprio devido à atual crise que vivemos, as mulheres estão ganhando um merecido espaço, e sendo exemplos de sucesso Brasil e mundo afora, às vezes, com ideias bem simples.

São empreendedoras de sucesso que mostram que é possível ir lá, e fazer, que é possível ser o diferencial em meio a um mercado (ainda) muito desigual.

 

Se você gostou do artigo, então conheça também o curso do Alex Vargas – Fórmula Negócio Online – que te ensina o passo a passo detalhado de como se tornar um empreendedor digital.

 

Figuras: freepik.com

Fazer comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *